Artigos

Hidrelétrica de Itaipu

Pela 3ª vez visitamos a Hidrelétrica de Itaipu, a maior geradora de energia limpa e renovável do mundo. Em 2021 gerou 2,1 bi de MWh, o que representa cerca de 10% da energia consumida no Brasil e 85% no Paraguai. Como o Paraguai não consome a totalidade dos 50% que lhe cabe, cerca de 35% são vendidos ao Brasil.

A produção anual de Itaipu seria capaz de abastecer todo o planeta por 40 dias. São 20 turbinas de 14 GW cada, e o transporte de cada turbina de SP até Foz do Iguaçu levou meses, em carretas de 256 pneus, com reforço de várias pontes. São 14 vertedouros, por onde escoam as águas excedentes, mas devido à longa estiagem, foram usadas pela última vez em 2019.

Na barragem foram consumidos 12,7 milhões de m³ de concreto. O projeto de todo o complexo hidrelétrico foi de um consórcio de empresas italo- americanas, no entanto a execução da obra é exclusivamente fruto da engenharia brasileira e paraguaia. Com início em 1975, a duração da obra foi de 11 anos. Cerca de 110 mil trabalhadores passaram pela Itaipu, e o número de acidentes fatais, embora sempre a lamentar, foi estatisticamente e proporcionalmente reduzido: 109 óbitos.

O financiamento foi de 12 bilhões de dólares, obtidos em bancos estrangeiros, em parcelas a serem pagas em 50 anos.
(Visita em 7/07/22, na foto com meus filhos engenheiros Eduardo e Fábio)

Jacir Venturi