© 1998-2019 por Jacir J Venturi. Todos os direitos reservados.

Artigos

Praia dos Carneiros e Capela de S. Benedito (Pernambuco)

A área que hoje se denomina Praia dos Carneiros foi adquirida em 1936 pelo Sr. Rosalvo Ramos Rocha (1835-1972) para o cultivo de coco. Com sua morte, foi dividida em 6 sítios, de frente para o mar e os herdeiros os preservaram ambientalmente, unindo hospitalidade, culinária apetitosa, paisagens paradisíacas e crescimento contido. 

Esse ecossistema se complementa com um cenário marítmo deslumbrante, convidativo para a prática de passeios e esportes náuticos, em um mar de ondas suaves e uma maré exuberante que invade as areias das praias, mas que no refluxo forma piscinas naturais de grandes extensões, propícias à pratica do snorkel. 

Reconhecida como uma das mais belas e aprazíveis praias do Brasil, e dista a 90 km ao sul do aeroporto de Recife, no município de Tamandaré. Mais: a Praia dos Carneiros foi eleita pelos usuários do TripAdvisor como uma das 15 melhores do mundo. É ver para crer! 

A denominação da praia provém do sobrenome de um dos antigos proprietários, Sr. José Henrique Carneiros. Os guias turísticos da região edulcoram com outras versões românticas, porém não verossímeis: que teria sido no passado uma fazenda de carneiros ou até mesmo uma versão mais idílica – que as ondas formam espumas tão brancas que lembram lãs de carneiro. 

A Capela de S. Benedito, corrobora sobremaneira com o estrelato da Praia dos Carneiros, construída no Sex. XVIII e que o Sr. Rosalvo Ramos Rocha e família restauraram e preservam até hoje. De dimensões 14 x 17m, uma das raras igrejas junto à praia, emoldurada por coqueiros de todas as inclinações e altitudes e cujo glamour atrai diariamente centenas de flashes de turistas, celebrações e batizados de celebridades e plebeus. 

Obs.: o autor viajou para a Praia dos Carneiros com a família (7 pessoas) em janeiro de 2018.


Jacir J. Venturi, Coord. da Universidade Positivo, foi professor da UFPR e PUCPR.

Jacir Venturi